Travesti(S)Lidades - Representacoes Sociais de Universitarios

+ mais detalhes
R$ 38,00 Disponível:

  Descrição do Produto

Carle Porcino apresenta nesta obra as travestilidades, perpassando pelos processos de autorreferência. Ela, como mulher trans que se autoafirma em sua identidade ao lado de seus pares. Frisando a lógica da identidade de gênero distante das práticas afetivas/sexuais que muito têm confundido as pessoas. Deslocando-se mais ainda de determinados processos concebidos como transtornos patológicos e aproximando-se dos processos de autoidentificação, mulheres travestis. Os processos de “passibilidade” tão bem apontados pelas autoras, de que mesmo nas vivências entre estudantes que insistem nas práticas e experiências não pertencidas pelas travestis como as práticas e experiências da homossexualidade e masculinidades insistida muitas vezes pelos próprios estudantes em associar as travestilidades como sinônimos de orientação sexual. A autora vai dizer que a “passibilidade” entra como uma linha de fuga no sentido de “me passei aos olhos de fulane como mul her” em relação à dor maior de não ser reconhecida como mulher, sendo mulher, mesmo apresentando os ditos signos lidos e tidos como masculinos. Nesse sentido, esta obra revela as variedades de sentidos, valores e principalmente símbolos co m o objetivo de articular os processos de inclusão social e desconstrução não só dos preconceitos em relação à figura da travesti, mas de outros elementos enraizados na cultura – como machismo, patriarcado e falocentrismo – e que têm se ala strado, impedindo o viver das pessoas trans, subordinando a normas e regras ditas pela sociedade cis-heteronormativa. Esta obra incita-nos ao atravessamento da inscrição de gênero e ao corpo como arte no sentido de viver.

  Atributos

num_paginas:
101
ano_edicao:
2020
num_edicao:
1
data_lancamento:
01/01/1900
isbn13:
9788547342999
ean:
9788547342999
autor:
VARIOS AUTORES
editora:
APPRIS
encadernacao:
BROCHURA
peso:
0.150
altura:
21.000
largura:
15.000
comprimento:
2.000