a Cegueira e O Saber

+ mais detalhes
R$ 36,00 Disponibilidade: 2 unidade(s) Disponível:

  Descrição do Produto

“Para escrever é preciso começar por se abster da força e apresentar-se à tarefa como quem nada quer” – as palavras de Clarice Lispector são colocadas em prática nas deliciosas crônicas ensaísticas de Affonso Romano de Sant’Anna. Poeta laureado com u m prêmio Jabuti, crítico literário e catedrático, o autor consegue a proeza de abarcar uma grande variedade de temas, demonstrando raro domínio em tudo aquilo sobre o que se debruça. É embasado por esse invejável conhecimento de causa que Romano de S ant’Anna nos leva por um vasto passeio literário, visitando diversas épocas e provando que a boa literatura – nova ou antiga – permanecerá relevante e cheia de fôlego enquanto existirem pessoas e palavras. Os temas aqui tratados vão desde a mít ica relação entre a cegueira e a literatura – assunto de uma série de artigos brilhantes – até um perfil da amante de Flaubert, figura que teria inspirado a célebre Madame Bovary. Além das análises inspiradas, o autor nos brinda com “causos” literári os preciosos, como o do arrependimento de André Gide por ter aconselhado a prestigiada editora francesa Gallimard a não publicar o livro Em Busca do Tempo Perdido, de Proust. “Um dos remorsos mais cruéis de minha vida”, lamentaria Gide, anos depois. Por tudo isso, é inevitável que, ao longo da leitura, o prazer com que este livro foi escrito transborde das páginas para o leitor.

  Atributos

num_paginas:
312
ano_edicao:
2011
num_edicao:
1
data_lancamento:
12/08/2011
isbn13:
9788532520999
ean:
9788532520999
autor:
ANNA, AFFONSO ROMANO DE
editora:
ROCCO
encadernacao:
BROCHURA
peso:
0.340
altura:
21.000
largura:
14.000
comprimento:
1.900